quarta-feira, 18 de março de 2009

Delta Spirit - Ode to Sunshine (2008)

Delta Spirit

Ninguém realmente compreende a passagem do tempo, as mudanças que ele causa e os modelos que se cria. O que é novo hoje, vai ser novo daqui a anos, e também foi ontem. São apenas as coisas mudando, como sempre. Ou ao menos eu vejo isso. Ninguém compreende por completo.

A velocidade com que as coisas se movem faz, às vezes, elas passarem desapercebidas por alguns olhos. Mas o que prende e as traz de volta, é o que as torna fato. E o curioso é que algo sempre será novidade para alguém. Sempre existe alguém que não viu, não ouviu ou não sentiu aquilo.


Delta Spirit se encaixa no curioso fato de coisas se perderem no tempo. Passaram tão rapidamente por 2008, que chegou em 2009 e eu os tinha perdido. Fato triste, já que lançaram um álbum que desafia o passar do tempo. Um álbum muito competente, que poderia ter sido lançado em qualquer época desde dos anos 60 até agora. Mas isso não o faz soar velho, há um frescor único nas canções e uma novidade nas composições, pode não ser o máximo da originalidade, mas a inteligência e competência suprem a necessidade. Não foi preciso ser a representação da atualidade para fazer um grande álbum, apenas se absorveu tudo que passara, aproveitaram o tempo e criaram algo brilhante.

Delta Spirit - Ode to Sunshine (2008)
Delta Spirit - Ode to Sunshine (2008)
01 - Tomorrow Foes Away
02 - Trashcan
03 - People C'mon
04 - House Built For Two
05 - Strange Vine
06 - Streetwalker
07 - People Turn Around
08 - Parade
09 - Bleeding Bells
10 - Children
11 - Ode To Sunshine
DownloadMySpace
Separador

2 comentários:

[ A l i s o n ] disse...

O que faz a música ser fascinante é o fato dela ser uma das únicas coisas que, sendo de qualidade se tornam "eternas" e o tempo passa a ser apenas um detalhe.

muito bom o som. =]

Eduard-O disse...

o link tá off.


=[