quinta-feira, 23 de julho de 2009

Wado - Atlântico Negro (2009)

Wado

"Atlântico Negro" prova: Wado é o artista fora do mainstream mais próximo do pop. Não só pop no formato canção, mas pop no sentido original de popular: do povo.

Do afoxé, ao quase axé, ao samba, ao funk. Wado passeia, com conhecimento de causa, por vertentes infinitas de estilos que combinam Brasil e África e transforma numa unidade muito simples e diversificada: a música. Fala de amor, como fala de problemas sociais, e tudo soa tão natural, que fica inconcebível o fato de ele ainda não estar nas rádios, programas de TV ou algum outro veículo de massa. Enquanto Wado não estiver próximo dos ouvidos da grande população, a música pop brasileira pouco fará sentido.


"Atlântico Negro" é um disco conceitual. Mas não, ele não possui uma estrutura que exige uma concepção da obra por um todo. Cada canção possui uma força unitária e, os diversos estilos, fazem a conexão África e América. Produzido por Kassin e Beto Machado, o disco ainda conta com diversas participações, entre elas Curumin e Romulo Fróes.

Desde uma narração de um estudante estrangeiro de Guiné-Bissau, até a última canção, uma regravação de um antigo funk-carioca (gravado de maneira respeitosa, segundo Wado), o disco não perde o ritmo. As músicas suingadas criam uma atmosfera perfeita para o conceito envolver o ouvinte, assim como as belas baladas "Pavão Macaco" e "Frágil, somadas ao samba "Hercílio Luz", fazem lembrar o Wado de trabalhos anteriores e cria um elo entre seus álbuns. Destaque também para um medley com a canção "Cavaleiro de Aruanda", já gravada por Gal Costa, Ronnie Von e Ney Matogrosso, e para "Boa Tarde, Povo", clássico cancioneiro alagoano que ganhou uma versão eletro que remete a Fatboy Slim.

Tratando até de preconceitos, Wado coloca na cabeça do ouvinte mais do que belas músicas. Coloca conceitos e questionamentos de onde a música brasileira popular vem e pra onde vai. E prova que, justamente, a música em si, está muito acima disso.

Wado - Atlântico Negro (2009)
Wado - Atlântico Negro (2009)
01 - Estrada
02 - Atlântico Negro
03 - Jejum / Cavaleiro de Aruanda
04 - Martelo de Ogum
05 - Cordão de Isolamento
06 - Hercílio Luz
07 - Pavão Macaco
08 - Frágil
09 - Feto / Sotaque
10 - Boa Tarde, Povo
11 - Rap Guerra no Iraque
DownloadMySpace
Separador

2 comentários:

Juliana Regiolli disse...

eu diria que esse post foi uma crítica perfeita, digna de um profissional!
Suscinta, resumida e completa ao mesmo tempo, fala da obra sem exageros e destaca o mais importante, o fato de o porque Wado ainda não está nas rádios!
Não, eu não gosto tanto assim de Wado, mas hei de concordar que ele merece mais do que muitos estar entre os mais ouvidos!
Parabéns pelo post

Jorge disse...

Muito legal o artista ter disponibilizado o download na faixa; reclamam tanto da pirataria e não fazem nada pra minimizar o "problema". Taí um jeito.