segunda-feira, 2 de março de 2009

Cymbals Eat Guitars - Why There Are Mountains (2009)

Cymbals Eat Guitars

Quando o deselegante funciona, o pretencioso soa épico e a originalidade não é prioridade, algo está errado para a música... ou uma nova banda está surgindo com algo que você não esperava ouvir. E isso pode ser positivo.

A banda nova-iorquina Cymbals Eat Guitars lançou seu debute "Why There Are Mountains" este ano, e você pode lembrar de Pixies, Modest Mouse, Smashing Pumpkins e até Velvet Underground (se forçar bem sua cabeça) ao ouvi-lo. Porque, basicamente, é disso que a banda parece ser composta, de grandes influências. E isso funciona muito bem pois, a soma de influências a uma pretensão gigante, gerou um álbum que não decepciona em momento algum.

É uma sequência de canções belas e sujas, com duelos de guitarras, timbres ameaçadores, trompetes mágicos, piano e percussão desafiadores. Uma coleção de músicas que talvez faça mais sentido se ouvida da última para a primeira faixa, ou que talvez não tenha uma ordem ou forma correta de se ouvir. Se começa a ouvir por "Wind Phoenix", encontra-se uma das canções mais bonitas do ano. Agora, se começa por "And the Hazy Sea", estranha-se.

E é esse caminho incerto e essa sonoridade que te faz lembrar de outras bandas, que faz desse disco uma peça tão deliciosamente confusa quanto compreensível.

Cymbals Eat Guitars - Why There Are Mountains(2009)
Cymbals Eat Guitars - Why There Are Mountains (2009)
01 - And the Hazy Sea
02 - Some Trees
03 - Indiana
04 - Cold Spring
05 - Share
06 - What Dogs See
07 - Wind Phoenix
08 - The Living North
09 - Like Blood Does
DownloadMySpace
Separador

Um comentário:

[ A l i s o n ] disse...

Gosto de bandas que assustam quando a gente ouve pela primeira vez. =P
A não ser que seja MUITO RUIM [tipo Mother Mother].
Mas Damion Suomi ainda é a surpresa mais agradável até agora.
=]