sexta-feira, 15 de maio de 2009

Pullovers - Tudo que eu sempre sonhei (2009)

Pullovers

O Pullovers já foi outra banda. Já foi uma banda focada apenas nos segmento do rock-alternativo 90's e lançou três álbuns. Clássicos, para o movimento underground paulistano. Mas não se podia ver que aquela banda se tornaria uma grande banda para qualquer segmento ou movimento, e que lançaria um grande álbum para a música brasileira. E não é exagero. Mudaram a forma de se fazer rock, não apenas inserindo samba em sua sonoridade, mas abusando da atmosfera paulistana e do belo samba que os paulistanos sempre souberam fazer. Falar sobre São Paulo, com cara de São Paulo e como uma voz da cidade, não é simples. Mas eles conseguiram.


Talvez, a decisão de começar a compor em português tenha auxiliado muito na nova sonoridade do Pullovers. Sonoridade essa que vai desde Belle And Sebastian até Toquinho, o que não é muito distante, visto de certa perspectiva. Mas a perspectiva oferecida pelo sexteto paulistano é mais do que junção de estilos, é a criação de uma nova sonoridade, dentro de tantas possibilidades que já existiam, e não eram aproveitadas. Eles aproveitaram, e com um sotaque bem paulistano, se inserem num catálogo de importantes bandas de rock com a mesma "linguagem" (como Mutantes, por exemplo).

Mas não pensem que ao relacionar a banda e São Paulo, excluo aqueles que não são da maior metrópole brasileira. Eu não sou (apenas do estado) e percebo que as canções ultrapassam esses limites... aliás, vão até o Rio de Janeiro, constantemente. E, fazendo um "indie-rock" competente, falam diretamente ao coração. Luiz Venâncio, compositor e líder, brinca com a geografia, com o clima, com o universo pop e com a própria "esquisitice", exalando paixões, inclusive pela música. Então, espere as mais românticas e nada convencionais canções. Por vezes piegas, mas de pieguice saborosa.

Com letras espertas (por vezes, profundas e desafiadoras), melodias muito bem elaboradas, sonoridade diferenciada e com arranjos exemplares, "Tudo que eu sempre sonhei", primeiro álbum com letras em português do "novo" Pullovers, surpreende em apresentar que ainda nem todas possibilidades de criação foram utilizadas no rock. E, assumindo uma posição única no rock paulistano, eles abrem o coração e despejam as mais belas canções pop. Canções atemporais e universais.

Sim, universais. Porque música é música em todo lugar, seja em São Paulo ou em Glasgow. E não importa onde você estiver, se quiser música pop inteligente e de qualidade, pode se aproveitar do novo (ou do mesmo) Pullovers.

Pullovers - Tudo que eu sempre sonhei (2009)
Pullovers - Tudo que eu sempre sonhei (2009)
01 - Tudo que eu sempre sonhei
02 - O Amor Verdadeiro Não tem Vista para o Mar
03 - 1932 (C.P.)
04 - Marinês
05 - Lição de Casa
06 - Quem me dera houvesse Trem
07 - Marcelo ou Eu Traí o Rock
08 - Futebol de óculos
09 - ( )
10 - O que dará o Salgueiro?
11 - Semana
12 - Todas as Canções são de Amor
13 - Tchau
DownloadMySpace
Separador

2 comentários:

Lucas disse...

Muito bom o Blog.
Muito bom o CD.
Tenho ouvido direto.
Tenho lido direto.

Iolanda disse...

Conheci Pullovers aqui no teu blog e adorei, é ncrível como não consigo parar de ouvir! Parabéns pelo blog, já tá nos meu favoritos :D


Muito bom o Blog.
Muito bom o CD.
Tenho ouvido direto.
Tenho lido direto. [2]